quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Até Sempre Amigo Renato Graça!


Ontem fui mais uma vez surpreendido com uma péssima notícia que me abalou e que me foi dada pela minha tia Elsa Azevedo. Este ano de 2015 tem sido pródigo em bad news. Desta vez faleceu um amigo, poeta, tertuliano, conterrâneo, patrício Zambeziano, compatriota, parente e cúmplice no parto dos primeiros CADERNOS MOÇAMBICANOS (1, 2 e 3) da SEBENTA EDITORA que eu e o Jorge Viegas criámos/editámos nos anos de 2004, 2005 e 2006: Renato Graça. Criei várias tertúlias em Universidades e outros espaços culturais de LISBOA onde com o Jorge Viegas, o Né Afonso e ele, animámos e revivemos a nossa Moçambicanidade. Já o tinha informado da sua inclusão no próximo DICIONÁRIO DE ESCRITORES, ARTISTAS PLÁSTICOS E CINEASTAS DA ZAMBÉZIA que aceitou com entusiasmo. Da última vez que voltamos a falar, foi sobre as eleições Moçambicanas e do envolvimento da diáspora no processo.

Muitos projectos ficaram por concretizar, é certo, mas fica a certeza de que estive sempre ligado aos projectos culturais em que se viu envolvido na Literatura, como o prova a apresentação por mim do seu último livro na antiga sede do MIL e da SOCIEDADE DE LÍNGUA PORTUGUESA em LISBOA.
Fica aqui o registo do meu fraterno e sincero abraço. Que descanses em Paz!

Delmar Maia Gonçalves
(Presidente do CEMD)

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

NOVIDADES EDITORIAIS - JANEIRO 2015



IAN AMOS KOMENSKÝ (COMÉNIO) de Delmar Domingos de Carvalho
Ensaio biográfico

"Comenius é uma daquelas raras personagens da história da humanidade que vale a pena conhecer, ou revisitar, até pelo seu brilhante exemplo de honestidade, coragem, coerência, abnegação e tenacidade. É importante que não nos esqueçamos do contexto e da época conturbada e de enorme intolerância que viveu, além de uma infância marcada por tragédias e dramática solidão. (...)
Consideramos um livro vivamente aconselhável e a descobrir que navega pelas águas da reflexão, Biografia histórica, Pedagogia, Didáctica, Educação, Teologia ecuménica cosmocrata, Filosofia, Direito, Política, Retórica, Fotografia, Arte e Literatura. "
Delmar Maia Gonçalves

Ian Amos Komenský (Coménio), um livro de autoria do escritor português Delmar Domingos de Carvalho, que conta com uma vasta produção literária, abrangendo diversos temas desde ensaio, biografia, teatro, filosofia, vegetarianismo, ficção, poesia, esoterismo, sociologia, música, etnografia, meditações teóricas e investigações sobre várias áreas, é um ensaio sobre a vida e obra de Coménio, sendo uma das poucas obras publicadas, em Portugal, sobre este genial pedagogo, político, filósofo e cosmocrata.

Ian Amos Komenský (Coménio) - Ensaio Biográfico
Autor: Delmar Domingos de Carvalho
Ilustração da capa: Miguel Ângelo de Carvalho
Prefácio: Delmar Maia Gonçalves
Preço: 12€
Edições CEMD
128 páginas
Encomende aqui (disponibilidade imediata) 
Oferta dos portes de envio para Portugal







___________________________________________









DEAMBULAÇÕES PELA ESCRITA de Ascêncio de Freitas
Crónicas

"De escurecer as nossas vidas encarregam-se as sombras que nós próprios produzimos aos cometer os erros que cometemos."
Ascêncio de Freitas



Há sempre escritores que deixam marcas na água. Ascêncio de Freitas é um deles. Na verdade, coloco-o no mesmo patamar e na senda de grandes escritores universais lusófonos como Jorge Amado, José Luandino Vieira, Ruy Duarte de Carvalho, José Saramago, Manuel Lopes, Pepetela, Lobo Antunes e Baltasar Lopes. 

Com um percurso literário “sui generis”, sempre navegando entre Moçambique e a Península Ibérica, sempre soube aproveitar os contactos com as grandes correntes literárias modernas através do seu conhecimento profundo das ideias, história, modelos, estéticas  e ventos que os vários “exílios” lhe proporcionaram e tão bem soube e sabe usar na arte da escrita.

Delmar Maia Gonçalves



Deambulações pela Escrita - Crónicas

Autor: Ascêncio de Freitas
Preço: 15€
Edições CEMD
300 páginas

Encomende aqui (disponível em 15 dias) 
Oferta dos portes de envio para Portugal








___________________________________________










MANGWANA 2015 - AGENDA CULTURAL
(Antologia Poética)

Uma agenda poética, com várias referências a datas importantes e com indicação dos feriados nacionais de Moçambique, Portugal, Brasil e Angola.



         Preço: 10€

Encomende aqui (disponibilidade imediata) 
Oferta dos portes de envio para Portugal





AUTORES

Ademar Oliveira Lima * Alfredo de Sousa Pereira * Alvaro Giesta Ana Freitas * Ana Maria Dias * António Bondoso Ascêncio de Freitas * Conceição Oliveira * Daniel de Cullá Delmar Domingos de Carvalho * Delmar Maia Gonçalves  *  Eloah Westphalen Naschenweng * Eliane Negrão * Fatima Soares Francielle Thaiane * Francisco Grácio Gonçalves * Gabriele Bruschi Gisela Torquato Cosme * Ilda Brasil * Inês Maomé  *  Inês Leitão * Jennifer Melânia * Jorge Viegas * João de Deus Rodrigues * Jorge Viegas * José João da Cruz Filho *José Padua * José Vicente Neto * Lara Guerra  * Leomária Sobrinho Neto * Licínia Girão * Lourdes Peliz  *  Luís Vieira * Luna Delmar * Marcelo Gomes Jorge Feres Maria Christina Luiz * Maria Inez Silva Queiroz  *   Marques Valentim * Martins Mapera * RibeiroCanotilho Rita Velosa * Roseli Hübler * Rosangela Calza * São Passos Sibila Aguiar * Sonia Sultuane * Valdeck Almeida de Jesus   *    Vera Novo Fornelos * Vieira Calado








___________________________________________






MILANDOS DA DIÁSPORA 2014 (Edição especial dos EEMD)
REVISTA CULTURAL

Depois de mais um Encontro de Escritores Moçambicanos na Diáspora, que foi um sucesso absoluto, agradecemos uma vez mais a disponibilização do espaço pela Fundação José Saramago.
Agora urge projectar o futuro, tendo em conta sempre a valorização do legado dos percursores da literatura moçambicana.
Para tal, foi importante o contributo de todos os escritores associados, convidados e amigos do CEMD, moçambicanos ou de outras nacionalidades, que deram resposta pronta e válida aos objectivos do evento. Fica aqui registado o testemunho neste singelo livro.
Não poderia deixar de destacar a homenagem póstuma à poeta Glória de Sant’Anna, na presença das suas filhas - Andrea Paes e Inez Andrade Paes. E ainda à atribuição dos Galardões do CEMD à escritora e artista plástica Sónia Sultuane e ao jovem escritor Hosten Yassine Ali, pelo seu contributo à literatura.
O nosso objectivo será sempre o de fazer cada vez melhor pela Literatura, pelo que, estamos certos que daremos um salto qualitativo destes encontros nas próximas edi-ções. Assim o esperamos.
Zicomo Kwambiri a todos os participantes!

Delmar Maia Gonçalves
(Presidente do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora)


Coordenação literária: Delmar Maia Gonçalves
Ilustração da Capa: Didi Mestre
         CEMD Edições
Preço:  10,00 €
156 páginas

Encomende aqui (disponibilidade imediata) 
Oferta dos portes de envio para Portugal

Coordenação Literária: Delmar Maia Gonçalves



Ilustração da Capa: Didi Mestre
CEMD Edições


Textos e Ilustrações dos autores:
Alex Dau
Ana Dias
Andrea Paes
Antonio Bondoso
Ascencio de Freitas
Carlos Jorge Pedroso
Carlos Peres Feio
Conceição Oliveira
Delmar Maia Gonçalves
Duarte Tembe
Fercy Nery
Fernanda Angius
Filipa Vera Jardim
Francilangela Clarindo
Gisela Torquato Cosme
Goretti Pina
Inez Andrade Paes
Isa Fontes
Jorge Viegas
Liliana Lima
Lourdes Peliz
Luís Ferreira
Luísa Demetrio Raposo
Madalena Mendes
Manuel Afonso
Manuel Dias Duarte
Maria Paula Meneses
Maria do Sameiro Barroso
Mário Máximo
Marques Valentim
Renato Epifânio
Ribeiro-Canotilho
Rodrigo Sobral Cunha
Rodrigues Vaz
Rosa Vaz
São Passos
Sibila Aguiar
Sónia Sultuane
Vera Novo Fornelos
Victor Oliveira Mateus
Zetho Cunha Gonçalves





___________________________________________









REVISTA CULTURAL LICUNGO Nº2
ENSAIOS, CRÓNICAS, CONTOS, HISTÓRIAS E POESIA


"A revista cultural Licungo, de carácter semestral, literariamente coordenada por mim e pela segunda vez editada, (re)nasce renovada no seio do CEMD Edições. Inequivocamente de uma grande vontade de irmos mais além nos nossos objectivos previamente definidos.

A construção de pontes, hoje, mais do que uma vontade, é já uma certeza e a solidez com que se alicerça, uma enorme convicção. Só se constrói Lusofonia desta forma, com projectos que se concretizam, que envolvem e entusiasmam todos os protagonistas. E a promoção dos autores moçambicanos, vai sendo reforçada e acarinhada, cumprindo o velho sonho que sempre tive enquanto fundador deste Círculo de Escritores."

Delmar Maia Gonçalves
(Presidente do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora



Coordenação Literária: Delmar Maia Gonçalves
Ilustração da Capa: Luís Soares
         CEMD Edições
P.V.P. 10,00 €


Encomende aqui (disponibilidade imediata) 
Oferta dos portes de envio para Portugal



AUTORES:

Ensaio
Delmar Domingos de Carvalho

Contos, histórias e crónicas
Aruângua e Maria da Gloria Jesus de Oliveira
Marcelo Gomes Jorge Feres
Milene Barazzetti
Aguinaldo Beccheli
Rejane Machado
Vera Fornelos
Vieira Simões
Madalena Mendes
Ascêncio de Freitas
Delmar Maia Gonçalves
São Passos

Poesia
Mira Soares
Odibar João Lampeao
Lourdes Peliz
Jorge Viegas
Ines Maome
Lurdes Breda
Zetho Cunha Gonçalves
Sónia Sultuane
Mar Zé TinShel
Filipa Vera Jardim
Conceição Oliveira
Licínia Girão
Geraldo Sant'anna
Daniel de Cullá
Sibila Aguiar
Ribeiro-Canotilho
Gisela Torquato Cosme
Lara Guerra
Fatima Soares
Catarina Castro
Ana Dias
Valdeck Almeida Jesus
Alfredo Sousa Pereira
Didi Mestre
Roberto Ferrari

Ilustrações
Luís Soares
São Passos
Vera Fornelos

Fotos
Marques Valentim

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Ian Amos Komenský (Coménio) de Delmar Domingos de Carvalho


"Comenius é uma daquelas raras personagens da história da humanidade que vale a pena conhecer, ou revisitar, até pelo seu brilhante exemplo de honestidade, coragem, coerência, abnegação e tenacidade. É importante que não nos esqueçamos do contexto e da época conturbada e de enorme intolerância que viveu, além de uma infância marcada por tragédias e dramática solidão. (...)
Consideramos um livro vivamente aconselhável e a descobrir que navega pelas águas da reflexão, Biografia histórica, Pedagogia, Didáctica, Educação, Teologia ecuménica cosmocrata, Filosofia, Direito, Política, Retórica, Fotografia, Arte e Literatura. "
Delmar Maia Gonçalves

Ian Amos Komenský (Coménio), um livro de autoria do escritor português Delmar Domingos de Carvalho, que conta com uma vasta produção literária, abrangendo diversos temas desde ensaio, biografia, teatro, filosofia, vegetarianismo, ficção, poesia, esoterismo, sociologia, música, etnografia, meditações teóricas e investigações sobre várias áreas, é um ensaio sobre a vida e obra de Coménio, sendo uma das poucas obras publicadas, em Portugal, sobre este genial pedagogo, político, filósofo e cosmocrata.

Ian Amos Komenský (Coménio)
Autor: Delmar Domingos de Carvalho
Ilustração da capa: Miguel Ângelo de Carvalho
Prefácio: Delmar Maia Gonçalves
P.V.P. 12€
Edições CEMD



Revista Cultural Milandos da Diáspora 2014 - Edição Especial dos Encontros de Escritores Moçambicanos na Diáspora


Depois de mais um Encontro de Escritores Moçambicanos na Diáspora, que foi um sucesso absoluto, agradecemos uma vez mais a disponibilização do espaço pela Fundação José Saramago.
Agora urge projectar o futuro, tendo em conta sempre a valorização do legado dos percursores da literatura moçambicana.
Para tal, foi importante o contributo de todos os escritores associados, convidados e amigos do CEMD, moçambicanos ou de outras nacionalidades, que deram resposta pronta e válida aos objectivos do evento. Fica aqui registado o testemunho neste singelo livro.
Não poderia deixar de destacar a homenagem póstuma à poeta Glória de Sant’Anna, na presença das suas filhas - Andrea Paes e Inez Andrade Paes. E ainda à atribuição dos Galardões do CEMD à escritora e artista plástica Sónia Sultuane e ao jovem escritor Hosten Yassine Ali, pelo seu contributo à literatura.
O nosso objectivo será sempre o de fazer cada vez melhor pela Literatura, pelo que, estamos certos que daremos um salto qualitativo destes encontros nas próximas edições. Assim o esperamos.
Zicomo Kwambiri a todos os participantes!

Delmar Maia Gonçalves
(Presidente do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora


Coordenação Literária: Delmar Maia Gonçalves



Ilustração da Capa: Didi Mestre
CEMD Edições


Textos e Ilustrações dos autores:
Alex Dau
Ana Dias
Andrea Paes
Antonio Bondoso
Ascencio de Freitas
Carlos Jorge Pedroso
Carlos Peres Feio
Conceição Oliveira
Delmar Maia Gonçalves
Duarte Tembe
Fercy Nery
Fernanda Angius
Filipa Vera Jardim
Francilangela Clarindo
Gisela Torquato Cosme
Goretti Pina
Inez Andrade Paes
Isa Fontes
Jorge Viegas
Liliana Lima
Lourdes Peliz
Luís Ferreira
Luísa Demetrio Raposo
Madalena Mendes
Manuel Afonso
Manuel Dias Duarte
Maria Paula Meneses
Maria do Sameiro Barroso
Mário Máximo
Marques Valentim
Renato Epifânio
Ribeiro-Canotilho
Rodrigo Sobral Cunha
Rodrigues Vaz
Rosa Vaz
São Passos
Sibila Aguiar
Sónia Sultuane
Vera Novo Fornelos
Victor Oliveira Mateus
Zetho Cunha Gonçalves

Rejane Machado

Memórias (Rejane Machado)
 
Aos dez anos a primeira página. Uma redação escolar, muito valorizada por uma professora primária, uma mulher sensível, cujo nome não guardei. Só a tratava por Atalita, que era o seu prenome.
E não me lembro , absolutamente, da sua figura física. Parece-me que tinha a voz doce, os modos calmos- reconstituo alguns dos seus traços de modo indireto, a partir das recordações pessoais de minha mãe, que com ela trocou palavras dedicadas á aluna aplicada, que tinha jeito para escrever. Mas no verso da composição a sua letra bonita e firme deixou-me um recado, que no momento não foi de modo algum levado em conta, mas que funcionaria, mais tarde- porque tudo tem o seu tempo- quando uma indigesta predisposição a um estado depressivo ameaçava um coração machucado.
(...)
Comecei assim, mandando pelos Correios este primeiro conto, que foi publicado num dia do ano 1968, pelo qual recebi, também pela mesma via, um cheque do qual não me lembro o valor- o que não teve menor importância, senão pelo que representou : colocar-me num grande jornal, ao lado de “cobras”, iniciando um período de colaborações que se estendeu por muitos anos, a outros importantes veículos de comunicação: Leitura, Bancário, A Cigarra, Convívio, Ficção (revistas), Correio da Manhã, Jornal de Letras, Jornal do Brasil, onde mais tarde, sob a batuta do saudoso Lago Burnett, estacionei por longo tempo, fazendo agora somente crítica literária,
alavancando autores estreantes, entre eles José Mauro de Vasconcelos (Meu pé de laranja lima), Rubem Fonseca (A coleira do cão), Caio de Freitas (Um canal separa o mundo)- e muitos outros que me mandavam seus livros.Data daí a minha amizade com Francisco Miguel de Moura, poeta de Teresina, Armindo Trevisan, de Porto Alegre e Carlos Nejar, também do Rio Grande, Nélida Piñon, Stella Leonardos, Waldemar Lopes, Ricardo Hofmann, de Santa Catarina,meu Deus, quanta gente.
(...)
O mais importante disso tudo, talvez, é ser uma pessoa que rejeita a amargura, que diz Não! á depressão, ao pessimismo, à infelicidade. Porque dificuldades fazem parte da trajetória humana, carências, decepções; ninguém está a salvo dessas surpresas desagradáveis, Mas quando se coloca na balança os prós e os contras, vê-se que sempre temos muito a agradecer. Tudo o que não foi bom se transformou numa argamassa sobre a qual construímos uma fortaleza.
E quase ao final da estrada, a vida ainda tem alegrias a oferecer.
Amo de paixão aos meus netos, tão intelifentes e bonitos, de quem tive a honra de cuidar pessoalmente, de ajudar na sua criação, de estimular as suas potencialidades. Tenho orgulho de meus filhos,dois  engenheiros, um agrônomo, ambientalista, que é apaixonado pela Natureza, outro engenheiro civil-Professor Pardal que tem solução para tudo. Por minha filha, também, tão corajosa, que há pouco terminou sua 5ºFaculdade, desta vez Direito, como o pai.Todos muito ligados à Música, excelente herança que meu pai Maestro nos legou, e à Poesia, que minha sensível mãe tanto cultivou. E noras tão amigas, e genros e genros-netos tão meigos! Sem falar na graça infinita de Luan e Maria Renata, tão vivos, tão lindos e inteligentes. Luan, que lê aos 5 anos adora  ouvir "música de maestro", Renata vai aprender, também, com certeza.Tenho ainda muito papel rabiscado para publicar....
 
Rejane Machado
(Trecho do livro Memórias, em final de organização)

Sobre “CONTANDO ATÉ DEZ” de REJANE MACHADO


A obra “CONTANDO ATÉ DEZ” de REJANE MACHADO, uma Escritora Carioca, navega tranquilamente pelos turbulentos mares da crítica literária, percorre serena as pistas pacíficas da autoajuda, vagueia docemente pelo território das receitas culinárias e desagua nas crónicas de vida revelando o prazer de quem escreve e voa livre degustando, e bem, as palavras, uma espécie de ladrilhadora da palavra. Opção, decerto,  arriscada, mas calculada e acertada.
Nas suas sábias palavras, propositadamente e pela primeira vez não se esconde por detrás de personagens que vai inventando, reinventando, criando e recriando na sua já longa, vasta e prolífica produção literária.
Valerá a pena descobri-la e redescobri-la nos múltiplos caminhos que percorre.
É que há palavras que são como os seixos; há palavras que são como o mar. E o mar como sabeis chega ao infinito.
Muito haveria a dizer sobre a obra e a autora mas “as palavras são tão densas que prefiro suprimi-las”.
Bayete.

DELMAR  MAIA GONÇALVES
(ESCRITOR E PRESIDENTE DO CÍRCULO DE ESCRITORES MOÇAMBICANOS NA DIÁSPORA)





quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

CORRENDO ATRÁS DE UM SONHO - CHASING AFTER A DREAM e O AVENTUREIRO GANSO-PATOLA DO CABO AFRICANO/THE ADVENTUROUS AFRICAN CAPE GANNET de Ester Sousa e Sá

Ester de Sousa e Sá, nasceu em Portugal e ainda criança imigrou em 1952 com os pais para África, Moçambique.
Tendo vivido em África durante 44 anos, dos quais os dois primeiros anos foram vividos na Beira, mudaram-se em 1954 para uma colónia Inglesa e aí cresceu e fez os seus estudos.
Depois do casamento porém, foi de novo viver para Moçambique e em 1975, por força das circunstâncias, foi viver para a África do Sul com a sua família. Apesar de ter seguido uma carreira bancária, a sua paixão pelas artes, levou-a a iniciar a pintura no final dos anos sessenta quando vivia em Moçambique. Ao longo dos anos foi desenvolvendo a sua própria técnica e, o que começou como um desafio, tornou-se uma paixão e a média que escolhe para expressar a sua criatividade, é a aguarela e tintas a óleo.
Nas suas obras prefere enaltecer a beleza que na vida existe e, dedica-se à arte com paixão e entusiasmo. Descreve-se como uma naturalista que dentro de um estilo realista/impressionista, pinta tudo o que toca a sua sensibilidade artística, dando cor às telas brancas. As suas obras nascem pelo prazer e paixão que tem pela arte, levando-a a pintar o que vê, sentindo na alma o que pinta.
Em 1996, devido à doença do pai, demitiu-se do emprego e regressou a Portugal. Desde então tem-se dedicado inteiramente às artes, tendo além da pintura, feito escultura e experimentado o caminho da escrita criativa, tendo já três livros publicados e alguns poemas seus publicados em várias antologias.
Como domina bem a língua Inglesa, o seu primeiro romance, Chasing After a Dream foi escrito na língua Inglesa. Escreveu também um livro juvenil bilingue com suas próprias ilustrações, O Aventureiro Ganso-Patola do Cabo Africano/The Adventurous African Cape Gannet.
Ao longo dos anos, tem participado em várias exposições de arte tanto pessoais como colectivas.

Mais recentemente participou nas seguintes exposições colectivas:

2012 – Despertares da Arte - Museu Face – Espinho
2012 – Gallery M - Viena de Áustria
2012 – 2º Encontro Luso-Galaico - Porto
2013 - 3º Salão Internacional de Arte – Porto
2013 - II Bienal de Espinho
2013 - Pintar o Porto – Galeria Vieira Portuense
2013 - Mulheres artistas Migrantes na Fundação Pro-Dignitate - Lisboa
2013 - Café Majestic - Porto.
2014 – Dia Mundial da Mulher – Paços do Concelho de Vila Nova de Gaia
2014 - Pontes Luso-Galaicas – Centro Cultural de Chaves
2014 – Minha África, África Minha - Casa da Beira Alta – Porto
2014 - Mulheres d´Artes em Liberdade na Biblioteca Municipal de Espinho
2014 - 3º Encontro de artes ao redor do Porto – Galeria Vieira Portuense
2014 – Ao redor do Touro – Galeria Vieira Portuense
2014 - 1º Encontro Ibérico de Arte – Castelo de Oropesa – Espanha
2014 - Outonos Inquietos- Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro – Águeda

Muito recentemente foi convidada a participar num manual que brevemente a Amazon terá à disposição do público: International Watercolour Artists Handbook for Aspiring Artists and Art Lovers. Neste manual figuram 39 artistas internacionais de mais de 25 países em que Ester de Sousa e Sá com as suas aguarelas representa Portugal.
Várias das suas obras encontram-se espalhadas no estrangeiro, principalmente na África do Sul, Nova Zelândia, Alemanha, Vaticano, Inglaterra e, também em Portugal.

Para mais arte de Ester de Sousa e Sá, poderá visitar o site:
http://www.facebook.com/ester.the.art.in.me
Contacto - email: sa.ester@gmail.com

-------------------------------------------------------------

CORRENDO ATRÁS DE UM SONHO, é a tradução do meu primeiro livro, um romance escrito em Inglês, CHASING AFTER A DREAM. A estória projeta-se nos anos após guerra e retrata a vida de Jeffrey e Sally dois personagens que, embora pertencendo a extratos sociais diferentes, partilham a mesma determinação para melhorar a situação difícil em que se encontram. Conhecemos estes dois personagens quando eles têm uns vinte e poucos anos de idade, na altura em que Jeffrey, um órfão que, até então levara uma vida rodeada de pobreza e crime, decide perpetrar um último roubo com a intenção de angariar o dinheiro necessário para comprar a passagem de barco que o levará para outro país para começar uma vida nova.
Os caminhos de Jeffrey e Sally cruzam-se num ponto crucial das suas vidas, quando ambos sofrem retrocessos e decepções de ordem emocional e financeira depois de alguns erros cometidos.
Encontram-se por acaso, sentem-se atraídos um pelo outro e ajudam-se mutuamente o melhor que podem.
Existe no entanto, uma forte razão porque a atração que sentem um pelo outro não possa resultar numa união.
Entretanto a vida de Jeffrey sofre uma reviravolta e ele é obrigado a deixar Sally precipitadamente, apanhando o navio que o levará numa memorável e fascinante viagem através da Africa austral.
O leitor, transportado por Jeffrey através do Sul de África numa viagem empolgante repleta de maravilhas e situações invulgares, vai ao mesmo tempo tomando conhecimento da vida colonial nos anos cinquenta.





O AVENTUREIRO GANSO-PATOLA DO CABO AFRICANO/THE ADVENTUROUS AFRICAN CAPE GANNET
Neste livro bilingue, (Português/Inglês), Ester de Sousa e Sá é a autora e ilustradora.
É uma fábula que nos conta a estória de um ganso-patola do Cabo Africano muito especial.
Gilberto Ganso é sonhador, curioso e aventureiro, características que o levam a explorar o mundo. Poder-se-á dizer que é um ganso imigrante.
Para além de toda a valiosa informação didáctica sobre estas aves marinhas, à semelhança de outras fábulas, este livro também nos transmite uma mensagem muito especial.